Apresentação

A Associação de Apoio Criança é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, sem fins lucrativos e de superior interesse social (DR nº 32 de 07/02/2003), constituída no ano de 2001, na cidade de Guimarães, tendo por objecto o acolhimento temporário de crianças, vítimas de maus tratos, negligência ou abandono.

Em Fevereiro de 2005, abrimos o Centro de Acolhimento Temporário, em instalações provisórias, na Av. Humberto Delgado, porque achamos que as crianças não tinham tempo de esperar e começamos desde então trilhar caminho no acolhimento e encaminhamento temporário de crianças em perigo.

Desde o mês de Janeiro de 2007 o Centro de Acolhimento Temporário encontra-se instalado num edifício sito na Rua de Santa Maria, nº. 44, Oliveira do Castelo, Guimarães. Este edifício, do séc. XVI, situa-se em pleno centro histórico da cidade – património mundial da humanidade, e foi especialmente recuperado pela associação para receber as suas crianças. Esta obra, com capacidade para dezoito crianças, foi inaugurada no dia 19 de Novembro de 2006 pelo Senhor Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social.

As nossas crianças têm agora uma nova casa, bonita, confortável e luminosa com um excelente jardim para as suas brincadeiras.

Para que este sonho fosse possível, contámos com a boa vontade de todos, empresas e particulares, porque todos sabemos que “O melhor do mundo são as crianças”.

Em Maio de 2010 a Associação de Apoio à Criança decidiu denominar a sede actual Casa da Criança. Efectivamente, conforme declarou a presidente da instituição, a casa não é da associação, mas sobretudo das crianças.

Reconhecendo o trabalho desenvolvido pela nossa associação e os princípios à nossa actuação junto das crianças em risco foi-nos atribuído pelo respectivo instituto o estatuto de Instituição de Emergência Infantil.



Missão
Promover e defender a Convenção dos Direitos da Criança, adotada pela ONU e ratificada por Portugal em 21 de setembro de 1990. Nomeadamente através da criação de infraestruturas de acolhimento para crianças em risco, em estreita colaboração com as entidades oficias envolvidas na defesa dos seus direitos e proteção.


Visão
Afirmar-nos como instituição de solidariedade social de referência, no quadro da nossa comunidade, pela intervenção social e qualidade dos serviços prestados.


Valores
» Transparência:  Anualmente publicamos um relatório de Contas e de atividades, que pode ser consultado no menu notícias/eventos.

» Confiança: Acreditamos nas pessoas, respeitamos a sua identidade, agradecemos o contributo de cada um e promovemos o desenvolvimento e a cooperação.
 
» Integridade: Defendemos os princípios de transparência, ética e respeito das relações interpessoais.
 
» Superação de resultados: Promovemos o potencial criativo dos nossos colaboradores e a formação de forma a nos ultrapassarmos e fazer o impossível.
 
» Excelência: Trabalhamos focados na eficácia, na segurança e cumprimento dos objetivos estabelecidos.



Corpos Sociais

DIRECÇÃO

Presidente Maria Joana Machado Prata

Vice-Presidente Octávio Manuel Novais Pereira dos Santos

Tesoureiro José Cândido Capela de Freitas Ribeiro

Secretário Alfredo Carvalho Monteiro

Vogal Maria Esmeralda Lobo Ribeiro

Vogal Joaquina Campos Pereira

Vogal Rita Machado Prata

1º Suplente Maria Gisélia Castro e Silva

2 º Suplente José João Torrinha Martins Bastos

 

ASSEMBLEIA GERAL

Presidente César Manuel de Castro Machado

1º Secretário Rui Vasco Gonçalves Fernandes

2º Secretário Fernando José Carreira Saraiva Monteiro
 

CONSELHO FISCAL

Presidente António Emílio de Abreu Ribeiro

Vogal José Armindo Pinto Pinheiro

Vogal Paulo Jorge de Sousa Castelar Guimarães


 
 
A CASA DA CRIANÇA © 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento Netgócio ®
 
Share